É condenável o sofrimento e agruras a que o Governo Israelita sujeita o povo palestiniano através da sua desumana prática de colonatos e sistemático bombardeamento das localidades palestinas.

Era altura que fosse exigido que o Estado de Israel cumprisse com as dezenas de Resoluções do Conselho de Segurança da ONU que condenam este tipo de prática.

Confira a opinião do associado António Bernardo Colaço sobre a matéria na secção “A Palavra aos Associados“.