No dia 24 de Janeiro de 1977, em Atocha, Madrid, foram assassinados, no seu escritório, quatro advogados que se destacavam pela sua actuação na defesa dos trabalhadores e dos seus sindicatos.

Por iniciativa da ELDH – Associação Europeia de Advogados pela Democracia e Direitos Humanos, filiada na Associação Internacional de Juristas Democratas, desde o ano de 2010 que tal data é assinalada como o «Dia do Advogado em Perigo».

Em cada ano é escolhido um país onde se verifique que a profissão de Advogado se encontra em perigo pelo mero facto de ser exercida, sendo organizado um protesto em frente às embaixadas de tal país.

Em 2021, o Apelo lançado pela ELDH foca-se no Azerbaijão. No dia 22 de Janeiro, os advogados concentram-se em frente às Embaixadas e Consulados do Azerbaijão, tendo sempre em consideração os regulamentos sanitários aplicáveis.

Uma petição apoiada por mais de 30 organizações internacionais, europeias e nacionais de advogados será apresentada às respectivas embaixadas e enviada ao governo do Azerbaijão.

Neste contexto, no próximo dia 21 de Janeiro, entre as 14h e as 15h30, terá lugar um Seminário online dedicadado ao «Dia do Advogado em Perigo». O Seminário decorrerá na Plataforma ZOOM, sendo necessário um registo prévio.