A ABJD – Associação Brasileira de Juristas pela Democracia- protocolou nesta uma representação no Tribunal Penal Internacional) contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, pela prática de crime contra a humanidade que vitíma a população brasileira diante da pandemia de coronavirus.

De acordo com a ABJD, as atitudes do chefe de Estado são total e absolutamente irresponsáveis e, por isso, solicitam ao TPI que instaure procedimento para averiguar a conduta do presidente e condene Bolsonaro pelo crime contra a humanidade por expor a vida de cidadãos brasileiros, com ações concretas que estimulam o contágio e a proliferação do vírus.